07 setembro, 2016

Tae Bo

Exercício físico faz parte da minha vida já há muitos anos. Não sou nenhuma obcecada, nem treino todos os dias, mas pelo menos 2 a 3 vezes por semana gosto de o fazer. Ajuda-me a manter-me equilibrada física e psicologicamente. Também sempre gostei de participar em aulas coletivas porque me dá mais motivação e até se torna muito mais divertido. Há todo um ambiente de partilha e de solidariedade e eu gosto disso. 

Em 2014 experimentei uma aula de Tae Bo e desde então nunca mais parei. Confesso que a professora influencia muito o meu gosto por esta atividade. Ela é completamente apaixonada por aquilo que faz; transpira Tae Bo em cada poro e isso passa e motiva quem está na aula para se exercitar e para com ela aprender. É muito dedicada tanto na escolha dos movimentos como na escolha da música (para mim a música é essencial).

Tae Bo foi desenvolvido pelo americano Billy Blanks, praticante de taekwondo, o qual nos anos noventa decidiu combinar artes marciais, boxe e aeróbica numa só atividade, dando assim origem a Tae Bo.

Cada letra tem um significado:


  • T = Total
  • A = Awareness = Consciência
  • E = Excellent = Excelente
  • B = Body = Corpo
  • O = Obedience = Obediência

Porque é que eu gosto de Tae Bo?
Tae Bo é muito intenso. Pessoalmente gosto quando me sinto a transpirar (só quando estou no ginásio, claro); quando sinto que trabalho todas as partes do corpo desde braços, pernas, glúteos, passando pela zona abdominal; quando acordo no dia seguinte com algumas dores musculares (só algumas, porque se forem muitas é desagradável). E Tae Bo provoca em mim todas essas sensações. Além de tudo o que acabo de citar, faz-me muito bem à mente: entre socos e pontapés vou-me abstraindo do mundo e fico com aquela sensão de limpeza corporal e cerebral. 


Outro aspeto importante é que Tae Bo é, para mim, desafiante. Quero sempre fazer mais e melhor e há mesmo muito por onde melhorar. Quando comecei, os meus socos eram basicamente esticar o braço sem qualquer técnica nem força. Então aquela parte em que a professora dizia: contraiam a zona abdominal enquanto dão socos. Pois muito bem senhora professora, isto é assim: ou bem que me concentro para tentar dar socos, ou bem que contraio a zona abdominal, mas os dois em simultâneo não dá. É uma atividade tão intensa que nas primeiras aulas tive de fazer bastantes pausas tanto para beber água, como também para tentar controlar a respiração. A verdade é que passados dois anos melhorei em muitos aspetos, os quais passo a citar:
  • Técnica
  • Coordenação motora
  • Concentração
  • Respiração
  • Flexibilidade
Mas acreditem, ainda tenho MUITO por onde melhorar.

E por aí já alguém experimentou Tae Bo?     

10 comentários:

  1. Não experimentei mas com teu relato até que dá vontade �� muito bom ��

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho certeza que te ias divertir muito :D
      E para quem gosta de modalidades coletivas esta é muito boa porque há vários exercícios que se podem fazer aos pares ou até mesmo em grupo.

      Beijinho

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Eu também não conhecia. Só mesmo quando vim para a Bélgica é que comecei a ouvir falar de Tae Bo. É uma modalidade muito conhecida nos Estados Unidos da América, mas aos poucos vai-se introduzindo por outras partes do mundo, incluindo a Europa.

      Se um dia experimentares depois conta-me como foi ;)

      Beijinho

      Eliminar
  3. Nunca experimentei, mas pelo teu relato dá muita vontade de experimentar ahahah :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito desafiante e ajuda-nos a trabalhar várias zonas do corpo. E também é divertido. Se um dia experimentares partilha a tua opinião ;)

      Beijinho

      Eliminar
  4. Obrigada pelo post Fia! Comprovo e aprovo todos os benefícios deste desporto pelo qual também estou apaixonada! :) Como grande parte dos desportos, o prazer de os praticar vem também da evolução que conseguimos ver, seja ela física ou técnica, psicológica ou emocional... E o Tae Bo motiva a fazer mais e dar o melhor... como diz a nossa coach... "jusqu'au bout!!" :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "On commence ensemble, on termine ensemble" :)

      Beijinho

      Eliminar
  5. Não nunca tinha ouvido falar mas fiquei curioso e vou investigar! Bjocas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se experimentares depois partilha a tua opinião ;)
      Beijinho

      Eliminar